O Que Vi do Filme #3: A Invenção de Hugo Cabret (Hugo) 2012

O primeiro review de 2013 presta uma homenagem à Magia do Cinema!

02_standard

Antes de falar especificamente deste filme dirigido por Martin Scorcese, vamos ver um pouco do livro que deu origem ao filme:

a-invencao-de-hugo-cabret-brian-selznick-549

SINOPSE DO LIVRO

Hugo Cabret é um menino órfão que vive escondido na central de trem de Paris dos anos 1930. Esgueirando-se por passagens secretas, Hugo toma conta dos gigantescos relógios do lugar: escuta seus compassos, observa os enormes ponteiros e responsabiliza-se pelo funcionamento da máquinas.

Hugo-rushes-through-the-train-station-549

A sobrevivência de Hugo depende do anonimato: ele tenta se manter invisível porque guarda um incrível segredo, que é posto em risco quando o severo dono da loja de brinquedos da estação e sua afilhada cruzam o caminho do garoto.

The-invention-of-Hugo-Cabret-running-scared

Um desenho enigmático, um caderno valioso, uma chave roubada e uma homem mecânico estão no centro desta intrincada e imprevisível história, que, narrada por texto e imagens, mistura elementos dos quadrinhos do cinema, oferecendo uma diferente e emocionante experiência de leitura.

invention-of-hugo-cabret-notebook-549

SOBRE O FILME(ou não)

Troque as ilustrações pelos efeitos em 3D e basicamente esta é a mudança.

2250609-198496-1280-549

E A TAL DA MAGIA KAMEHAMEHA?

Tal qual a primeira reprodução de um trem se aproximando…

…Você garotinho juvenil, criado com leite de pera e ovomaltino, talvez não compreenda isso, mas para eles isso era um trem e não um filme de um trem (ou muitos acreditaram que era um perigo real!). Imagine cair nos trilhos de um metrô e vê-lo se aproximando!

Lembra quando ficou com  medo depois de ver algum filme de terror? Ou  até um exemplo simples, acreditar em Papai Noel, Coelhinho da Páscoa e naquelas explosões coloridas dos Super Sentais / Power Rangers.

O que tento dizer com “magia do cinema” é acreditar no improvável, no impossível, permitir a aproximação da ficção e da fantasia através das técnicas aplicadas no cinema para contar uma história.

Ver um filme de peito aberto, sem se preocupar com fundo falso, identificando dublês, se tem uma pessoa numa fantasia ou se ele é digital, isso não importa, a magia é acreditar que ele existe (mesmo que por um momento. Momento este que pode se tornar marcante). Em outras palavras, a imersão que você tem enquanto assiste e tolera um “defeito especial” ou não percebe a diferença entre o efeito especial  e o real.

Quando digo magia do cinema, não é por exemplo, aceitar ser uma “licença poética” o Rocky apanhar mais que uma pessoa normal, mas sim, torcer por ele até o final, ganhando ou perdendo.

É ver o John Mcclane todo fudido, ferrado, ensanguentado, mas ainda tendo que salvar um edifício, um aeroporto, uma cidade e o mundo também.

Ou voltando um pouco mais para os efeitos especiais:

E O QUICO HUGO? Calma padawan, vou chegar lá…

Em certo ponto do filme, entra o nome de George Melies. Conhece? Não? E esta imagem, lhe é familiar?

kus07-voyage_dans_la_lune-549

Pois tanto o livro quanto o filme que se inspirou traçam uma história de Melies e de seu amor pelo cinema e principalmente pelas técnicas utilizadas (e aí entra o 3D) para produzir seus filmes fantásticos.

photo_3163b1cc3f955b7e119bf46c68f6edd7-549

Alguém me explica isso:

Ou isso:

Hugo(Asa Butterfield)tentando sempre fugindo do inspetor da estação (Sacha Baron Cohen) conhecerá Papa Georges, dono de uma lojinha na estação, com quem não vai se dar bem. E graças a Isabella(Cloë Moretz), juntos vão descobrir muito mais do que imaginavam.

Vi o trailer depois do filme e novamente muitas cenas que seriam uma agradável surpresa são apresentadas logo de cara, assim como algumas resoluções.

De qualquer forma esta aí o trailer caso vocês sejam ansiosos demais:

Pra mim, o trailer ficou parecendo um pastelão de sessão da tarde em época de Natal, o que destoa  do filme.

Sugestão para quem gosta de cinema, pois como disse, é uma bela homenagem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s