Universo Cinematográfico Marvel e sua Fase 1, apresentando: Homem de Ferro (2008)

Hoje em dia a cada quatro meses surge um filme ou uma série baseado em super heróis. Mas há mais ou menos uns 10 anos era uma novidade caso saísse algum título.

marvel-phase-one-banner

Agora já virou até gênero de filme. No início a Marvel Comics  licenciava seus personagens, famosos como Homem-Aranha e obscuros como Blade.

Aos poucos foi ganhando experiência até criar sua própria produtora, a Marvel Studios. O final vocês já sabem, ou melhor, a FASE 1  vocês já conhecem!

Marvel-Studios-Logo

Marvel Studios (agora pertencente a Disney) vem utilizando uma receita, até agora de $uce$$o: filmes medianos, de orçamento não muito elevado mas que garantem bilheteria para desenvolver seus personagens em uma continuação própria ou interligando entre outros filmes. Isso acabou culminando em Avengers – Os Vingadores(diferente da Distinta Concorrência que agora está correndo atrás pra montar sua Liga da Justiça nas coxas).

O primeiro filme desta safra foi um personagem não muito conhecido pelo grande público até então: Homem de Ferro(Iron Man) de 2008.

Talvez o maior acerto da Marvel, rivalizando com os Avengadores Vingadores, mas em níveis diferentes, afinal Homem de Ferro foi o início e Vingadores foi o desfecho ( pelo menos da Fase 1).

Alguns elementos podem ajudar a torná-lo tão especial apesar de hoje parecer só mais um entre tantos filmes do personagem e também do gênero.

triple-iron-man-poster

Equipe: Diretor e Atores

Dirigido pelo John namorado da Mônica Favreau, vindo de uma linha voltada para comédia e improviso, fazendo também o segurança Happy Hogan, conta com o astro em ascensão Terrence Howard, como aquele que seria o Máquina de Combate, mas foi expulso filme James Rhodes, o astro já estabelecido Jeff Bridges como antagonista e vilão Obadiah Stane, o Monge de Ferro e o par romântico Gwyneth Paltrow interpretando Pepper Potts. Além do namorado da Christina Clark Gregg no papel de Agente Coulson.

Pra começar, o filme é do Tony Stark (ou do Robert Downey Jr.) seja pelo carisma ou por não ser tão infalível quanto o personagem título. O filho do Robert Downey estava voltando aos cinemas depois de envolvimento com drogas e reclusão, mais ou menos como acontece com o Tony “Demônio da Garrafa” Stark, tornando a experiência mais próxima. Tony (ou Robert) carrega o filme tranquilamente, o clima descompromissado, sem muitas amarras ou fãs querendo que seja exatamente igual aos quadrinhos, não tinha o fator “expectativa”.

Afinal, o que sabíamos do canône dos quadrinhos? Quase nada. Outra característica dos filmes da Marvel são as lutas finais um tanto quanto frustantes, quando não, muito curtas. Ainda assim, a essência do personagem está lá. Porém, apesar disso, tudo há duas(três) situações no fim do filme que garantem tamanha importância:

1. Eu sou o Homem de Ferro:

Diferente dos outros heróis que conhecemos, Tony Stark se torna uma das raras exceções por não fazer mimimi, preocupado com sua identidade dupla para proteger aqueles que ele ama, prova disso é o terceiro filme que ele dá o endereço dele pra quem quiser atacá-lo.

Na cena final do primeiro filme, durante uma conferência para a imprensa ele deveria dizer que o Homem de Ferro seria o seu segurança, mas convenhamos, esse tipo de desculpa funcionou até certo ponto nos quadrinhos e em outra época. Então ele não quis saber e jogou a letra.

i-am-iron-man_large

2. Cena pós crédito

Agora todo mundo já sabe, acabou o filme de super-herói? Não saia ou nem desligue. Nos os créditos ou após, aparecerá algum gancho para o próximo filme da franquia ou expandindo o universo.

Lá em 2008 ninguém esperava e muitos perderam a cena, outros sequer entenderam, tal qual foi na cena final de Vingadores. Aqui vale a explicação. Na Marvel Comics há vários universos com personagens similares ou de concepção bastante diferente de sua contraparte do universo que vale, o “616”. Há de zumbis, futuro apocalíptico (Era do Apocalipse) e o Ultimate(2002). Neste o Nick Fury foi desenhado utilizando como referência Samuel L. Jackson. Para que não ficasse nenhuma dúvida os Supremos(como são chamados a equipe nesta versão) discutiam quem interpretariam caso fizessem um filme deles, o Nick Fury não se segurou e disse:

Nick-Fury-cropped-3-620x308

Enfim, neste filme o diretor da SHIELD (Superintendência Humana de Intervenção, Espionagem, Logística e Dissuasão) Nick Fury aparece e dá um recado depois de todo aquele mamilo de conferência, avisando que há muito mais coisas entre o céu e a terra… fique com o replay:

3. Iron Man – Black Sabbath

Sem mais.

avengers bd_cover

Anúncios

4 comentários sobre “Universo Cinematográfico Marvel e sua Fase 1, apresentando: Homem de Ferro (2008)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s